sábado, 20 de novembro de 2010

fantasia virtual


Fantasia virtual




De repente te conheço no virtual
E sinto um desejo surgir.
Não sei se és mesmo real
Ou uma mera fantasia
Escondida numa imagem
Cuidadosamente escolhida.

Não me importo saber quem és
Se você é verdade ou grande mentira
Prefiro deixar viver minha emoção
Prefiro assim, deixar a cargo da ilusão
Ainda que a foto não seja a sua
Que seja apenas uma figura
Quero lhe construir na imaginação
Não quero ter decepção.
Prefiro viajar pelos sonhos, delírios e fantasias
Assim, lhe posso criar só pra mim.
Não quero trazer à tona a sombra
Que carinhosamente foi criada.
A fantasia, embora não passe de ilusão, sonho
Traz-nos momentos plenos de alegria.




Ataíde Lemos

Um comentário:

  1. poemas de ataide lemos
    amo sua poesias
    vocês tbém podem amar!!
    beijos
    flor

    ResponderExcluir